O MEU PLEXO SOLAR

O MEU PLEXO SOLAR
O meu plexo solar

janeiro 09, 2010

O MEU TAMBOR

Hoje é dia de ritual.Estou ligada ao meu tambor.Sento-me ,respiro e inspiro lentamente.Fecho os olhos e visualizo uma praia.Sinto a cor do mar,o som das ondas ,o calor do sol que me afaga a pele.


Apelo a Sekhmet para vir em meu auxílio, para me ajudar a lidar com a minha ira.

-Ai Sekhmet,porque sinto isto?

-Porque estás zangada! -respondeu Sekhmet- bate no teu tambor com toda a força e sente a tua ira, pois é teu esse direito.Vai até ao fundo da tua ira ... sente-a! E quando estiveres exausta, transforma-a numa bela melodia ...talvez na melodia da natureza ...

Após vários minutos parei e senti a vibração mais ténue...exausta e com dores...mas senti-a!

Respirei e supliquei para que me sentisse revigorada.Quero ter força ,quero o sol da manhã, quero dançar e sorrir...

Peguei no meu sol protector coloquei-o no peito e pedi a Sekhmet com toda a humildade:

-Senhora que batalhas como as Leoas e o Sol te encaminha, guia-me e quebra as paredes que ainda me confinam.Amada de Ptah, concede-me a liberdade dos sons do meu tambor e que consiga ouvir das mais belas melodias da natureza...deixa-me dar á luz...

-Que queres parir ?-perguntou-me Sekhmet ,já com voz distante

-Quero parir beleza, harmonia,inspiração,criatividade,amor,arte e a verdadeira comunicação...quero também que me deixem e ajudem a sorrir e a colher os frutos do sol...

-Que assim seja!!!-retorquiu Sekhmet-vai e toca os sons do teu tambor e mostra o que tens no teu peito...deixa que a natureza reze!!!

Reza então...natureza e livra-me disto...
Música "A Natureza reza"