O MEU PLEXO SOLAR

O MEU PLEXO SOLAR
O meu plexo solar

abril 24, 2010

VALE DOS SONHOS...

E durante os meus voos, vou pensando e reflectindo sobre o passado, presente e futuro, aqui nas montanhas onde,existe um Vale de Sonhos ...Nas minhas leituras li um artigo, na companhia dos mais belos milhafres, muito interessante que consegue espelhar o que ,realmente a grande maioria dos portugueses sente...isto avaliando aquilo que vou ouvindo...aqui e ali...ao longo de meses...
Amanhã é o dia 25 de Abril,Revolução que nos trouxe a liberdade e a esperança de momentos mais equilibrados e harmoniosos,mas...afinal...

"Somos um pequeno e desgraçado país. Não somos pequenos e desgraçados porque sempre fomos; afinal, não somos o Haiti, não somos a Bolívia, não somos a Serra Leoa, não somos o Uganda, não somos a Moldávia, não somos a Guiné; não somos assim porque nos fizeram assim, não fomos colonizados, não descendemos de escravos, não fomos deportados, explorados, invadidos, vencidos. A União Soviética não nos pisou com bota cardada e a Alemanha não nos ocupou. Tivemos um ditador e tivemos a revolução sem sangue e a criação da democracia e dos partidos. Tivemos os fundos europeus e a absorção de um milhão de retornados. Tivemos colónias, ouro, escravos e uma história que não nos envergonha. Temos uma longa e estabelecida nacionalidade. Temos a coragem e o génio de ter escapado a Castela. Temos a miscigenação, a lírica e a épica. Temos as descobertas e a geração de Aviz. Temos uma identidade e uma cultura, temos uma língua falada por milhões. Temos 800 km de praia e sol.


Temos muitas razões para sermos felizes. E não somos. Somos um pequeno, desgraçado e deprimido país que se queixa por tudo e por nada, que se detesta e detesta o sucesso alheio, que aniquila a qualidade e promove a incompetência, que deixou que a administração pública fosse tomada de assalto por parasitas partidários, por gestores imorais e por políticos corruptos ou que fecham os olhos e promovem a corrupção como forma de manutenção do poder. Somos um país sem esperança onde nada avança e nada acontece, como escrevia o poeta Ruy Belo. Sai-se da pátria e regressa-se à pátria e as notícias são as mesmas; é como se o mundo girasse e nós parados. À espera do apocalipse. Tudo nos diz que amanhã será pior e toda a gente nos pede mais sacrifícios, mais penúria e mais infelicidade. É impossível levantar um país de vencidos ou convencê-lo a fazer alguma coisa por si. Leio as notícias sobre o extraordinário salário de António Mexia, da EDP, os 3,1 milhões anuais, e penso o que pensa uma pessoa normal: não vale a pena. Os velhos morrem de frio no Inverno porque não têm dinheiro para pagar "a luz" e o senhor energia tem um salário igual ao dos melhores 200 gestores americanos. Numa empresa falsamente privatizada que floresce num regime de monopólio e em que o Estado é o maior accionista. E aquilo é o salário, fora os benefícios e os cartões. Fora as reformas e as pensões. A permanente resignação perante a imoralidade é que nos torna passivos, fracos, assustados, irresolutos e cúmplices da delapidação do nosso dinheiro. E um governo socialista autorizou isto e promoveu isto. E pior do que isto. Não se trata de premiar o mérito, trata-se de premiar a estupidez. Porque deixamos isto passar. Imagine-se que nos acontecia uma verdadeira desgraça. Quando Wall Street veio por aí abaixo eu estava em NY e fui a Wall Street. Vi banqueiros e financeiros saírem de cabeça coberta por jornais a meterem-se nos buracos do metro, envergonhados. Insultados. O mundo pensou que era o fim do seu mundo. Que o sistema capitalista tinha acabado. Etc. O capitalismo não acabou, nem vai acabar. Regenerou-se no que foi obrigado. A linguagem e a política que Obama adoptou tiveram efeitos. A América sai da crise, com os seus desempregados. A seu modo, brutal, corrige as falhas. Ali, a política ainda conta e o sistema de justiça funciona (com erros e defeitos) e faz funcionar a democracia. Acima de tudo, os americanos acreditam na América e têm o optimismo do copo meio cheio. A América, um grande e engraçado país, não perde tempo em lamúrias. Já se fazem piadas sobre o 11 de Setembro e sobre o crash das bolsas e dos bancos. A América reconstrói-se todos os dias e recomeça. Analisar a vitória política de Obama com o seu Plano de Saúde é uma lição de política, tanto para os republicanos como para os democratas. A América é um país que corre para a excelência e que rejeita a mediocridade. E a um ciclo de mediocridade segue-se um de excelência porque a rota corrige automaticamente. O sistema autocorrige-se na passagem do tempo. As torres que vão surgir no WTC serão as mais altas do mundo. Esta dose de megalomania é saudável porque toda a gente precisa de símbolos e de modelos. Em Portugal, deixámos de ter símbolos e não temos modelos.

O português mais influente é um jogador de futebol. O segundo mais influente é um treinador de futebol. E ponto final. Temos uma elite sofrível e uma classe política sem cultura política nem histórica ludibriada por autodidactas ou por rapazes com cursos tirados no estrangeiro que chegam a Portugal com um objectivo: enriquecer. Enriquecer à sombra do partido, do padrinho na banca e do Estado. De nós. E a justiça trata de si e dos seus privilégios. Somos um pequeno e desgraçado país. "

in : http://clix.expresso.pt/somos-um-pequeno-e-desgracado-pais=f576530#commentbox

Mas acredito que um dia o caminho se altere.Hoje ao olhar para o mapa mundo, fixei -me em Portugal e achei interessante o que surgiu aos meus olhos... o perfil topográfico( se é que se pode assim chamar) do nosso país é interessante, e assim o é há muitos séculos. Vi que Portugal tem uma face bem levantada e que são os olhos da Europa...olhos que fitam o horizonte, bem lá longe, quem sabe cumprimentando os povos que vivem na América...

Vai Milhafre...voa...voa...voa...e tráz boas novas...

Música- Valley of Dreams
-John Tesh-One World Tour
Imagem- Vale Glaciar -Serra da Estrela (retirada da net)

abril 21, 2010

VOEI...VOEI...VOEI...

Um dia tive um Sonho em criança
Quando o relógio tocou as doze badaladas
As janelas abriram-se mágicamente
E senti o meu coração de criança
Era a idade perfeita de Voar...
De Voar...Voar...
Dei uma volta no tempo
Saí do meu corpo
Segui o luar pálido
Foi uma noite que desejei
E com toda a fé
Cortei a corda e...
Voei...Voei...
Voei para um Sonho
Muito distante do mar
Com luzes brilhantes e seres maravilhosos alados
Ali as obrigações não existiam
Apenas os desejos em mente
Servidos em bandejas do mais puro ouro
E Voei...Voei...Voei...
Abri o baú escuro desses desejos
Desejos insanos,dementes
Deixei-os partir
E vi através dos meus olhos
Em violeta visão
A verdadeira pureza do coração
Ao som das mais belas melodias
E Voei...Voei...voei...
Para um Sonho...
Um Sonho Mágico e tão Próximo...
Baseado na letra da música-
Nightwish-Dark- Chest of Wonders

abril 17, 2010

VER E NÃO SÓMENTE OLHAR...

"A maior parte do homem moderno pensa que Deus e inalcansável...ou que está algures na natureza ou noutro lugar...Para a maioria Deus não está,sequer,"dentro de nós".Assim Deus e Homem não terão a mesma consciência(...)mas no entanto,segundo as fontes, somos feitos à imagem e semelhança daquele. Dentro do coração humano está um lugar especial onde toda a criação é concebida...Quando começarmos a perceber quem realmente somos, verdadeiros Filhos e Filhas de Deus,a Consciência que criou tudo o que existe...nesse tempo Deus e Humanidade serão uma só mente,um só coração,um só corpo,e o véu de descanso será levantado.

...A Serpente de Luz (Kundalini da Terra) moveu-se agora para uma nova localização geográfica(dos Himalaias para os Andes) e com este movimento,uma nova vibração está a ser emitida na Terra, em espiral.A cada volta, não volta ao mesmo sítio,mas sim a um novo lugar da espiral, tal como uma molécula de ADN ,onde os códigos são libertados em novos padrões.A partir daí surge um novo caminho,um novo mundo e uma nova interpretação da Realidade "...

O que fazer então? Deixemos a nossa mente e os pensamentos constantes e retornemos ao coração,onde existe a sabedoria e o conhecimento,que nos ajudarão a ultrapassar as dificuldades que estão a começar a surgir na Terra. Confiemos em nós,para que os nossos olhos se abram .Deixemos a escuridão para trás e o velho Ciclo Masculino, para vivermos a vida de olhos abertos ,de coração aberto a partir da Jóia que temos dentro de nós. Deixemos e trabalhemos para que se instale o Ciclo Feminino e que os Sonhos que residem nos Corações das Crianças sejam o poder para as novas mudanças.Por fim, os homens começarão a sua transformação interior, o que completará verdadeiramente o ciclo...

Baseado na obra "Serpente de Luz-o Movimento do Kundalini da Terra e a Ascenção da Luz Feminina,1949-2013 -de Drunvalo Melchizedek
Música-Indian Sacred Spirit-Land of Grace

abril 06, 2010

SENHORA DE PAZ



Irena Sendler, faleceu aos 98 anos.Foi uma mulher com uma missão muito especial, denotando uma coragem e uma convicção notáveis.

Durante a segunda guerra mundial ,conseguiu autorização para trabalhar no Gueto de Varsóvia,como especialista de canalizações,mas os seus objectivos eram bem mais vastos, sendo conhecedora,igualmente, dos planos nazis relativamente aos judeus.

Engendrando um plano astuto, trazia crianças escondidas no fundo de uma caixa de ferramentas e levava um saco de sarapilheira, para os maiores, na parte de trás da sua camioneta.Fazia-se acompanhar por um cão, a quem ensinou a ladrar aos soldados nazis, quando entrava e saía do Gueto. Assim o ladrar encobria qualquer ruído que os meninos poderiam fazer.Com este plano conseguiu retirar e salvar cerca de 2500 crianças.

Quando foi descoberta, partiram-lhe as pernas e os braços, chegando a ser condenada à morte, mas foi salva deste martírio.

Ao longo da sua missão Irena consegui manter um registo com o nome das crianças e guardou-o num frasco de vidro ,enterrando no jardim ,debaixo de uma árvore.

Quando terminou a guerra, tentou localizar os pais das crianças e reunir as famílias. A maioria tinha sido levada para as câmaras de gás. Apesar disso, não desistiu e, para aqueles que tinham perdido seus pais, ajudou-os a encontrar lares de acolhimento e pais adoptivos.


Foi prosposta esta Senhora para receber o Prémio Nobel da Paz...mas....

Dizia ela justificando o seu propósito:

"A razão pela qual resgatei
As crianças tem origem no meu lar
Na minha infância
Fui educada na crença
De que uma pessoa
Necessitada deve ser ajudada com o Coração
Sem importar a sua religião
ou nacionalidade"...

Convido a visitar o link: http://www.irenasendler.org/

Música -Gregorian in"Moment of Peace"

abril 02, 2010

ALELUIA...

"O acontecimento da história Crística ,não é de ontem, mas de agora também. Não pertence só ao passado, mas igualmente ao presente, porque sempre que Ele surge entre nós, é repelido por muita gente...nomeadamente pelos Anciãos ,que são as pessoas cheias de experiência, pelos Fariseus, que são os Intelectuais ,que estudam muito e lêem ,constando que o que Ele diz/disse não se encaixa nas teorias preconizadas e os sacerdotes, que sem entenderem muito bem, acabam por Vê-lo como um perigo para as suas seitas/igrejas/....
O que vale é que Cristo é "revolucionário", sempre pronto para a acção, um "rebelde"...um doce "rebelde", Senhor e Portador do Fogo, que queima toda a podridão que nos rodeia ....preconceitos,interesses...pseudo-verdades, teorias (do eu é que sei,eu é que sou).Mas sempre que ele se mostra, as multidões levantam-se contra ele (voluntáriamente e involuntáriamente).
Mas o Fogo é forte e difícil de se apagar e os retardários e conservadores ,que o tentam fazer e zombar dele, caminham pelo caminho do grande equívoco...a tão falada Babilónia ,onde habitam a ira, a injúria, intriga, inveja,orgulho,preguiça, mentira, gula, egoismo,cinismo, medo, ...que esperam pela transmutação ,através do Fogo Eterno , o Fogo Crístico, esse Fogo ,que afinal habita em Nós e que nos ajudará a construir um Cristianismo Vivo,Puro e Verdadeiramente Libertador"....Que se Viva então ,agora o Sábado de Aleluia...

Deixo o link e convido a uma leitura e reflexão:
http://www.guia.heu.nom.br/apocrifos.htm

"Existe um caminho que levará à vida
Aqueles poucos que o encontram nunca morrerão
Passam-se picos de montanhas,agraciados por neve branca
O caminho cresce mais brilhante com o seu decorrer

Existe um caminho dentro de ti
Dentro de mim existe um também
Onde não exsitem peregrinos na escuridão
O caminho para Zion está no teu coração

O rio corre ao lado da estrada
Suas águas vivem enquanto fluem
A água chama em líquida voz
De joelhos, sedento,o peregrino se rende

Às vezes uma sombra escura e fria
Paira como uma névoa sobre o caminho
Mas seja encorajado por essa visão
Pois onde existe sombra ,existe uma luz

Às vezes é bom olhar para trás
Já estamos tão longe -ganhamos conhecimento
Mas a alegria não está aonde estamos agora
A alegria está Naquele que nos aguarda no Final"...

Música- Petra in "Road To Zion (com tradução)

Uma Feliz Páscoa desejo a todos

Beijinho doce