O MEU PLEXO SOLAR

O MEU PLEXO SOLAR
O meu plexo solar

abril 20, 2017

EM REFLEXÃO

Olá meus queridos amigos e amigas:

Tenho andado afastada e não me tem apetecido fazer postagens. Senti-me cansada e com dores nas costas, o que faz com que fique parada uns tempos, pois tenho que melhorar. Além disso a minha cabeça também não anda muito bem. Nem sei o que dizer.... às vezes sinto-me bem, outras não...
Espero que tenham passado uma boa Páscoa. A minha lá se passou e aproveitei para ler. Voltei a ler o livro " O Mestre dos Mestres" de Augusto Cury; ir em busca de respostas... Acho que o meu problema reside nisto: repetir leituras para encontrar respostas... Li igualmente "Maria", que dizem que foi uma excelente Educadora. Quem me dera assim ser... saber lidar com mestria as minhas emoções.Agora vou refletindo e treinando... custa muito...

Voltarei e não me esqueço de vós. Muito brevemente...

Beijinho doce e agradeço as visitas aos meus espaços...

fevereiro 25, 2017

SANTA GUERREIRA

“Joana D'Arc (1412-1431) foi heroína francesa da Guerra dos Cem Anos, travada entre a França e a Inglaterra… Joana D'Arc nasceu no vilarejo de Domrémy, França, no dia 6 de janeiro de 1412. Filha de Jacques d'Arc e Isabelle Romée, teve três irmãos e uma irmã. Ajudava o pai no trabalho na terra e na criação de carneiros. Não aprendeu a ler nem escrever. Joana foi criada seguindo os princípios da fé católica e com 12 anos de idade, afirmava que o o arcanjo São Miguel, Santa Catarina e Santa Margarida, apareceram numa grande luz e ordenaram-na a procurar o príncipe Carlos VII e libertar a cidade de Orléans, que estava em poder dos ingleses, e coroar Carlos VII o soberano da França.
Em 1337 o rei Eduardo III (1327-1377) da Inglaterra, desembarca na França com mais de 20 mil homens. É o início da Guerra dos Cem Anos. Não se tratava de uma guerra entre dois povos constituídos em nações diferentes, pois muitos ingleses eram normandos, ou seja, franceses que chegaram à Inglaterra com Guilherme o conquistador; por outro lado, muitos franceses eram bretões, ou seja, ingleses que habitavam há muito tempo o norte da França.
Em 1415, os ingleses obtiveram, através de um tratado, metade do território francês, passando ao domínio do rei Henrique V (1414-1422). A outra metade francesa ficaria sob o domínio de Carlos VI. Com a morte de Carlos VI, foi coroado o filho de Henrique V para sucede-lo, para os franceses o rei deveria ser Carlos VII. As visões de Joana D’Arc ordenavam-lhe salvar a França e coroar o rei.
Com dezessete anos, Joana resolve pedir uma escolta para acompanhá-la até o príncipe. Viajou dez dias e dez noites e chegou ao Castelo na cidade de Chinon. Interrogada por bispos e cardeais acaba por convencer a todos. Joana ganha confiança de Carlos VII, que depressa entrega-lhe o título de chefe de guerra. Logo, Joana parte liderando a tropa e durante três dias, com violentas investidas consegue vencer os inimigos, que batem em retirada. Estava libertada a cidade de Orléans.
Outra cidade importante Reims, também voltou ao poder dos franceses. Carlos VII, agora reconhecido legítimo rei da França foi coroado e consagrado em 17 de julho de 1429, na Catedral de Reims. Diante disso reacenderam as esperanças dos franceses de libertar o país.
Na primavera de 1430, Joana retoma a campanha militar e tenta libertar a cidade de Compiègne, dominada pelos borgonheses, aliados dos ingleses. É presa em 23 de maio do mesmo ano e entregue aos ingleses cujo objetivo era que ela fosse julgada pela Santa Inquisição, o mais elevado tribunal da Igreja na França. O tribunal reuniu-se pela primeira vez em fevereiro de 1431, com a presença do Bispo, um partidário do Duque de Borgonha, aliado à Inglaterra. Seu julgamento foi uma verdadeira tortura, acusada de herege e feiticeira, depois de meses de julgamento é queimada viva, no dia 30 de maio de 1431.
Depois de 25 anos a Igreja reabre seu processo e Joana d'Arc é reabilitada de todas as acusações, torna-se a primeira heroína da nação francesa. No dia 16 de maio de 1920, 500 anos depois, o papa Bento XV a proclama santa.

Hoje, Joana D'Arc é a Santa Padroeira da França.”

O que fez o rei de França para a salvar? Rei retido pelo poder da igreja naqueles tempos? Acobardou-se?
A igreja redimiu-se e canonizou-a Santa...Para mim, Santa Guerreira Joana...
Uma pastora com conhecimentos e táticas de batalhas? Tal como Viriato, que era um pastor?
Ai História...tens que ser reescrita não?

Ver vídeo com mensagem maravilhosa!

Beijinho doce:)

fevereiro 03, 2017

SALMO 91

"O Salmo 91 é a oração mais importante da Bíblia e pode ser usado para qualquer finalidade e em qualquer momento de sua vida. as suas poderosas palavras contêm uma enorme fonte de energia que nos ajuda a ultrapassar momentos difíceis, dão força, coragem e restabelecem a fé de quem precisa."
1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Omnipotente descansará.
2 Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
3 Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
4 Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
5 Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,
6 Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
7 Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
9 Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.
10 Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
12 Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.
13 Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
14 Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.
15 Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.
16 Fartá-lo-ei com lonjura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.
Assim seja...
Beijinho doce

janeiro 28, 2017

DESCULPEM...

Queridos amigos:
Peço desculpa de não ter comparecido aqui e nos vossos sítios, pois estive com um torcicolo horrível.Já ando melhor e isto deveu-se ao facto de ter parado a hidroterapia, por causa do surto de gripe. Fiz uma paragem por questão de precaução. Mas quando a corrente do rio corre ao contrário vêm outros problemas. No domingo passado, ao colocar a comida da minha cadelinha, piquei o olho na ponta de uma yucca ( planta da foto).
Doeu muito, lavei com soro e pensei que parasse por aí. Mas não…. No dia seguinte tinha o olho inchado e tive que recorrer ao oftalmologista. Já estão a imaginar o stress que foi esta semana.Fiz o exame ao olho e não perfurou, nem tinha corpos estranhos, mas a córnea ficou com um hematoma. Depois veio o tratamento, com vários colírios e pomada. Não conseguia fitar ecrans, pois a vista estava extremamente sensível. Ontem fui fazer novo exame e felizmente cicatrizou. Hoje já me sinto melhor e estou aqui a escrever com óculos escuros, pois tenho que prevenir e não forçar a vista com a luz.
Não, não me vou embora. Foram só estes percalços e nada mais.
Aqui estou e breve farei as visitinhas a todos.

Beijinho doce e todo o cuidado é pouco.