O MEU PLEXO SOLAR

O MEU PLEXO SOLAR
O meu plexo solar

junho 27, 2012

SORRISO ROUBADO

Faz tempo que alguém me roubou o sorriso.Aquele sorriso que tanta falta me fazia.Fechei-me em mim para ver o que tinha acontecido e questionava-me:
-Mas quem quereria um sorriso?Levar um sorriso, para quê e para onde?
Um dia resolvi procurá-lo. Indaguei vezes sem conta a minha alma, mas esta só vertia lágrimas e nada me dizia.Procurei no coração e só encontrava batimentos e amargura...
Procurei em todo o corpo, na mente e .... nada,Só o vazio, a revolta...
Certo dia ouvi uma voz que me disse:
-Procura lá fora.Alguém o levou...Voa e procura....
E lá acabei por fazer o que me diziam.Preparei-me para a viagem e rumei ao infinito.Não sabia por onde começar.Lembrei-me da Estrada de Santiago e pus-me a caminho e vi-me a braços com uma linda e cintilante Estrelinha que me disse que viu um sorriso.
-Ia nas asas....ia nas asas...procura!-cantava ela afoitamente
-Asas? Desde quando os sorrisos têm asas?-perguntei eu com ar severo
-ASASSSSSSS!Muita água tens que palmilhar e o sal condimentará as tuas lágrimas-explicou a Estrela
- Água, sal....-pensava eu com um brilho nos olhos-será que tenho que atravessar o oceano?
Continuei a jornada!Andei,andei,andei  e ao avistar uma linha de terra pensei:
-Já devo ter chegado!
Mas não vi ninguém.Só areia fina de ouro,uma aragem com aroma tropical que soprava do interior, amena mente, e acariciava-me os lábios e os olhos ressequidos pelo sal.
Decidi ir em frente, entranhei-me na floresta e ouvi o entoar de uma canção de embalar.Era um pastorzito, um lindo menino, que me fitou com os seus olhos de veludo e sorriu de uma forma encantadora.Falei com ele, percebeu-me e disse-me que, para encontrar o meu sorriso, tinha que caminhar para oeste, andar imenso e subir um grande monte.
Mais uma vez fiquei intrigada:
-Levam-me o sorriso, atravessam o grande mar e ainda  tenho que subir um monte?-pensava eu,já com uma pontinha de esperança.
Andei tanto que as forças desgastadas pelo tempo, desenhavam rugas de preocupação.Até que um dia vislumbrei ao longe uma elevação.Corri na sua direcção e pareceu-me ser aquele lugar,pela descrição que o pastorzinho fez.Subi apressadamente apesar do cansaço ,cheguei a um local com altitude considerável ,sentei-me numa rocha e admirei aquele espectáculo.O horizonte pintado pelo pintor mais hábil,os campos tão verdes que feriam os olhos,as flores salpicadas aqui e acolá e imensas escarpas.A certa altura uma ave sobrevoou-me...era imensa, com olhar terno, mas firme e as asas enormes que me sossegavam do imenso calor que sentia.Pousou ,fitou-me e senti que me falava:
-Sou a Sedna e vivo aqui há muito tempo com a minha grande família.Gostava de saber o que te trás cá!
-Vim buscar o meu sorriso, que foi roubado pelas grandes asas-respondi tristemente.
-Estás no sítio certo.Foi a Estrela que te disse?Essa minha companheira?-indagou a ave
-Sim!E aqui estou para levar o que me pertence-atalhei convicta.
-Vem ao meu ninho.Guardei-o lá para que ninguém o molestasse.Podes levá-lo, pois passaste na grande prova.O teu sorriso foi levado por mim de propósito.Era necessário para cresceres mais e dares ainda mais valor ao belo,áquilo que existe no teu coração.Mas deves partilhar as relíquias com os teus semelhantes.Não te esqueças.Leva-o e parte em segurança.Toma o mesmo caminho até encontrares a Estrela.Abraça-a por mim...
E parti, a pensar nesta aventura que o Criador me proporcionou....
Tiremos as conclusões....
Aqui está quem me levou o sorriso para não ser mais molestado....aprendi!
Convido-vos a visitá-lo...

http://www.youtube.com/watch?v=vzjv9MwoDc4&feature=related