O MEU PLEXO SOLAR

O MEU PLEXO SOLAR
O meu plexo solar

novembro 22, 2006

GIRASSOL DA FELICIDADE


"A Felicidade é a meta da vida, mas poucas pessoas reconhecem as sementes de felicidade que existem nas suas vidas e em si próprias.É-nos mais fácil atribuir aos outros e ás circunstâncias a responsabilidade pela nossa insatisfação pessoal ou profissional.

Assim sendo, muitas pessoas vivem presas dentro dos seus próprios limites: são cultas, mas frias e distantes; são eloquentes, mas incapazes de exprimir as suas próprias emoções; querem ser líderes no trabalho e em casa, mas não são líderes de si próprios. Querem ser felizes, mas não se conhecem a si mesmas.

O primeiro passo de uma vida feliz é explorar esse mundo desconhecido que é o interior de nós próprios. Isso permitir-nos- á aceder a uma forma mais autêntica de pensar e sentir, ou seja, de viver. Só assim seremos espiritual, emocional e realmente ricos. E essa é a única riqueza que vale a pena possuir..."

in Curry , Augusto Revolucione a sua Qualidade de Vida

AUGUSTO CURRY, é psicoterapeuta, cientista e escritor.Desenvolveu o conceito de inteligência multifocal, uma perspectiva inovadora do funcionamento da mente e da construção do pensamento. Investiu na área de qualidade de vida e desenvolvimento da inteligência, abordando a natureza, a construção e a dinâmica da emoção e dos pensamentos.

novembro 16, 2006

LUGAR DE SONHO...







Este é um dos locais do Planeta onde os peixes têm cores fortes, formas estranhas... um dos locais mais propícios a realizar o desejado "mergulho de uma vida"...observar o peixe-navalha, o peixe-picasso e o peixe-borboleta...A água é de tal forma translúcida que deixa passar a luz do sol...

É um local de "paixão crioula",hospitaleiro...e onde se pode sonhar com piratas. Aqui, segundo a lenda, está escondido o maior tesouro. Foi colonizado pelos franceses no século XVIII e, igualmente, por ingleses. Possui uma bela cozinha ; cada prato é um manjar, associado à fruta e às especiarias.

Quem por aqui passa, vê o Amor consagrar-se para sempre.

Vamos aproveitar o máximo esta beleza?

Observar as tartarugas gigantes?

Nadar nos recifes?

Deliciar a vista com os corais?

Ver os cocos-de-mar...e provar?

(Fotos retiradas da Net)

novembro 05, 2006

TIA -AVÓ DE SONHO















E como as pessoas idosas são queridas...

Aqui vai uma pequena história,escrita por uma minha Tia-Avó,que viveu muitos anos em Moçambique.Adorava pintar,desenhar,trabalhos manuais e escrever histórias para os netos e sobrinhos netos.Todos nós éramos os protagonistas dessas belas histórias que ela criava com tanta doçura.Quando veio para Portugal,foi para um lar,por sua livre vontade...revolucionou aquele lugar...tenho presente os idosos a trabalhar todo o dia,criando coisas maravilhosas, sob a direcção da minha Tia.Avó! Vendiam tudo...e com o que prefaziam das vendas,divertiam-se: viagens, jantares,cinema,teatro,revistas no Parque Mayer...mostravam o que valiam.

A hiatória (adaptada) foi escrita há uns 45 anos.

"Lá longe,muito longe, havia uma linda cidade, governada por um Rei bom e generoso e adorado por todo o seu povo. Era novo e o seu maior divertimento era a caça.
O rei tinha um filho,ainda criança, que dizia sempre que queria ser caçador como o pai.Um dia vieram prevenir o Rei que o enorme Leopardo andava nas proximidades a fazer distúrbios.O Principe...tudo ouviu. Então pensou que era altura de mostrar a sua valentia...No palácio deram pela sua falta...O Rei lembra-se do Leopardo...Tem o pressentimento do que se passava...sai em busca do filho.
A noite aproximava-se e nem rastos do Z.... ,que é o nosso herói. ...Já bastante tarde e cansados de tanto andar,ouve-se um tiro.O pai corre como louco para o local de onde partiu o som. Encontra o filho estendido no chão e a seu lado, um corpolento Leopardo.Corre para ele e julga-lo sem vida, mas, oh! Deus! Ele está vivo! Apenas se encontrava desmaiado. O pai fê-lo beber um pouco de água ...
Então o Z... conta que se perdeu no caminho e, quando quiz voltar para casa, já não sabia...Foi quando ouviu barulho e se voltou, que a fera saltou sobre ele.Tinha a arma na sua frente que, ao embater no peito do animal, disparou-se ...E foi nessa altura que o Z... desmaiou.
Pegando no seu filho ao colo e bem junto do seu coração, assim entra com ele no palácio aonde é esperado com grandes aclamações de alegria. ...

in "As Histórias da Avó L...."

As aventuras do Z...,não ficam por aqui...as dele e as nossas.

Deparei que dentro do livro havia um desenho feito por outra minha Tia...um cão que surpreende doi gatos ao pé de uma porta.Está lindíssimo e cheio de expressividade. Foi feito com caneta de acetato.

As imagens foram retiradas da Net.