O MEU PLEXO SOLAR

O MEU PLEXO SOLAR
O meu plexo solar

outubro 05, 2012

DIA DE PORTUGAL

Hoje comemoramos a Implantação da República e a queda da Monarquia. Mas é bom que se saiba que esta data é muito mais do que aquilo que representa, ou não fosse, precisamente, o dia em que se celebra VERDADEIRAMENTE PORTUGAL.

 E porquê? Porque Portugal nasce com o Tratado de Zamora, que foi o resultado da conferência de paz entre Afonso Henriques e o seu primo, rei Afonso VII de Castela e Leão, a 5 de Outubro de 1143, marcando a data da sua Independência,  em relação ao reino de Castela e Leão  e o início da dinastia Afonsina. Mas por que razões fizeram cair a Monarquia? Diz a história que tudo andava mal, que se gastava muito, etc…. e depois? Quando a República bateu à porta? São assim tantas as diferenças? Foi neste dia, 5 de Outubro de 1143, que D. Afonso Henriques se tornou no primeiro Rei de Portugal, ou seja, D. Afonso I de Portugal.
Estamos, novamente, a passar por uma crise com consequências muito más…
O que é feito do Nosso Portugal? SIM…Aquele que nos trouxe orgulho?
Fiquemos com um poema que nos retrata…

“Já Foste Rico e Forte e Soberano
Já foste rico e forte e soberano,
Já deste leis a mundos e nações,
Heróico Portugal, que o gram Camões
Cantou, como o não pôde um ser humano!

Zombando do furor do mar insano,
Os teus nautas, em fracos galeões,
Descobriram longínquas regiões,
Perdidas na amplidão do vasto oceano.

Hoje vejo-te triste e abatido,
E quem sabe se choras, ou então,
Relembras com saudade o tempo ido?

Mas a queda fatal não temas, não.
Porque o teu povo, outrora tão temido,
Ainda tem ardor no coração. “
     Saúl Dias, in "Dispersos (Primeiros Poemas)"-Citador

Mesmo assim, apesar do quadro ser cinzento e triste, lutemos com o exemplo da força dos nossos antepassados e dos seus feitos, porque somos um povo com Coração e muito observadores.
“Chegou a Hora! Vamos Cavaleiros! Sem egos, sem querer ser melhor ou maior, Apenas acordando e ficando de pé. A trombeta tocou! Vamos lá acordar! Acordar para nos olharmos ao espelho e vermo-nos como realmente somos. Trabalhar o nosso EU Interno, individualmente. Somos Lusos, Lusitanos, filhos da Luz!”

Hoje celebro, VERDADEIRAMENTE PORTUGAL!
Beijinho doce:)