O MEU PLEXO SOLAR

O MEU PLEXO SOLAR
O meu plexo solar

outubro 27, 2010

FAZEM SORRIR...

A vida também é feita de momentos giros, que nos fazem sorrir, rir .... não faço o post para criticar, mas porque achei engraçado e podem crer....que ri imenso!!!!!Recebi-o por mail e aqui partilho. Acho as respostas dos alunos o máximo e as críticas também...

- O Convento dos Capuchos foi construído no céculo 16 mas só no céculo 17 foi levado definitivamente para o alto do monte.(claro! Com o peso demorou 100 anos para subir o monte !!!)
-A História divide-se em 4: Antiga, Média, Momentânea e Futura, a mais estudada hoje (a Futura é particularmente estudada pela "Maya" certamente)

- Quando o olho vê, não sabe o que está a ver, então ele amanda uma foto eléctrica para o cérebro que lhe explica o que está a ver. (nada mal pensado. Somos uma máquina fotográfica em potência e em funcionamento contínuo)

- O nosso sangue divide-se em glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e até verdes! (acho que faltam os Azuis!!Ah, mas esses com o apito dourado andam em fuga)

- Nas olimpíadas a competição é tanta que só cinco atletas chegam entre os dez primeiros.(entende-se agora a prestação de Portugal nos jogos olimpicos!!!)

- O teste do carbono 14 permite-nos saber se antigamente alguém morreu. (assim de momento acho que hoje em dia basta verificar se o coração parou ou se respira... quer dizer... digo eu... mas pelo sim pelo não que se faça o teste do carbono 14, se do CSI descobrem uiui)

- O pai de D. Pedro II era D. Pedro I, e de D. Pedro I era D. Pedro 0 (e antes foi o Pedro -1, já agora)

- Em 2020 a caixa de previdência já não tem dinheiro para pagar aos reformados, graças à quantidade de velhos que não querem morrer.(são uns chatos os velhos! Se topam o "jogo" deles...)

- A Terra vira-se nela mesma, e esse difícil movimento chama-se arrotação.(não consigo encontrar melhor definição)

- Lenini e Stalone eram grandes figuras do comunismo na Rússia.(exactamente, principalmente o Stalone)

- Para fazer uma divisão basta multiplicar subtraindo. (atenção, não tentem fazer isto em casa, pode ser perigoso... pelo menos complicado é! Pelo sim pelo não peçam esclarecimentos ao futuro professor catedrático de análise matemática)

- A água tem uma cor inodora. (pois... eu também gosto muito dessa cor)

- O telescópio é um tubo que nos permite ver televisão de muito longe. (o tipo deve ser "espião" da vizinhança, sinceramente... já ninguém quer aderir ao MEO... anda tudo a "chular" os vizinhos. Será que com o telescópio conseguiu ver a grande penalidade fora da área?!)

- O sul foi posto debaixo do norte por ser mais cómodo. (obviamente que sim. Tinha algum jeito o contrário, e aposto que foi um alentejano que teve essa brilhante ideia)

- Os rios podem escolher desembocar no mar ou na montanha. (é isso! Ao nascerem podem escolher... viva a liberdade de escolha!)

- Os escravos dos romanos eram fabricados em África, mas não eram de boa qualidade.(Racista... só os fabricados na China é que são bons não?!)

- A baleia é um peixe mamífero encontrado em abundância nos nossos rios. (todos os dias me cruzo com baleias ao atravessar o rio, é tão giro)

- Ao princípio os índios eram muito atrasados mas com o tempo foram-se sifilizando. (tal qual como quem escreveu isto, digo eu... cheia de esperança!!)

- A Terra é um dos planetas mais conhecidos e habitados do mundo. (questão para se perguntar... quantos planetas tem o mundo?)

- Caudal de um rio, é quando um rio vai andando e deixa um bocadinho para trás! (é claro. Caso contrário ficava vazio depois de passar. Deve ser uma forma de o encontrarem)

- Princípio de Arquimedes: qualquer corpo mergulhado na água, sai completamente molhado. *(aí não há dúvida nenhuma)
Podereis dizer ou pensar....que disparate, não estudam...mas mesmo assim, dispõem bem uma pessoa.
Pior são aqueles que estudaram...etc...fazem disparates e não têm graça nenhuma...
Música- I Fell Good- James Brown

outubro 15, 2010

..."ONDE SE ACHA A MINHA VIDA"

Para quê introdução?

"Pergunto-te onde se acha a minha vida
em que dia fui eu.Que hora existiu formada
de uma verdade minha bem possuida.


Vão-se as minhas perguntas aos depósitos do nada


E a quem pergunto?Em que penso, iludida
por esperanças hereditárias?E de cada
pergunta minha vai nascendo a sombra imensa
que envolve a posição dos olhos de quem pensa.


Já não sei mais a diferença
de ti, de mim, da coisa perguntada,
do silêncio da coisa irrespondida."


Cecília Meireles,in Poemas(1942-1959)
Música-Queen "Who Wants To Live Forever"

outubro 08, 2010

CONTEMPLO...

Hoje contemplei esta maravilha e lembrei-me de aqui vir...apesar de estar de "férias"

Passei os meus olhos por uma citação de Leonard Da vinci, que me mostrou que "a mais nobre paixão humana é aquela que ama a imagem da beleza em vez da realidade material.O maior prazer está na comtemplação"

Na iconografia budista,o bodisatva da compaixão é muitas vezes representado com muitos braços,pois, não tendo conseguido salvar todos os seres que sofrem, ele recebeu mil braços para essa tarefa.

O coreógrafo chinês Zang Jigang, criou esta maravilhosa representação, que nos permite comtemplar "Kuan Yin de Mil Braços" , dança interpretada por 21 dançarinas deficientes auditivas...

Contemplemos ...pois...

Música-Chinese Dance-Team-Thousmd Hands of

outubro 03, 2010

ASSIM ME VEJO E OIÇO

Como exprimir o cansaço existencial? Penso que Fernando Pessoa o faz lindamente. Depois de muito procurar encontro as suas palavras soberbas, que comungam com o meu ser. Confesso que nem sempre me sinto assim, mas decididamente são inúmeras as vezes que assim me vejo e oiço....

"Não ,não é cansaço
É uma quantidade de desilusão
Que se me entranha na espécie de pensar
E um domingo às avessas
Do sentimento
Um feriado passado no abismo...

Não, não é cansaço
É eu estar existindo
E também o mundo
Com tudo aquilo que contém
Como tudo aquilo que nele se desdobra
E afinal é a mesma coisa variada em cópias iguais

Não.Cansaço porquê?
É uma sensação abstrata
Da vida concreta-
Qualquer coisa como um grito
Por dar,
Qualquer coisa como uma angústia
Por sofrer
Ou por sofrer completamente
Ou por sofrer como...
Sim, ou por sofrer como...
Sim, isso mesmo

Como quê?
Se soubesse, não haveria em mim este fal cansaço
(Ai ,cegos que cantam na rua,
Que formidável realejo
Que a guitarra de um, e a viola de outro,e a voz dela!)

Porque oiço,vejo.
Confesso:é cansaço!..."

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa
E assim meus amigos, que sempre me acompanharam ao longo de tantos anos, digo um até mais logo...não sei quando...talvez nunca...não sei!...Talvez quando o sol voltar a brilhar no meu sorriso ,ou quando sentir a frescura das palavras na minha face, ou mesmo quando se anunciar a morte ...desse maldito cansaço,que me desencanta totalmente...
Um beijinho doce a todos,um abraço sentido e muita Luz!
Namastê
P.S - o texto aplica-se a todos os meus espaços.
Música Jon Anderson & Vangelis- I,ll find may way home (quem sabe!!!)